CRATO: Preocupação dos moradores do sítio Malhada com diversos casos de dengue registrados na comunidade




A população do sítio malhada localizada no distrito de ponta da Serra no município do Crato vem bastante preocupada com diversos casos registrados de dengue na comunidade. A Folha Cratense foi procurada por diversos moradores da localidade que relataram a situação do local.

As informações dão conta de que vários casos da doença já foram comunicados a secretaria de saúde do município e notificados no setor responsável. O problema maior é que a secretaria não deu resposta a comunidade que sofre sem a assistência necessária. Atualmente, pode-se dizer que na maior parte das casas existem criadouros do mosquito “Aedes aegypti”. Por isso, o vírus se espalha por todas as regiões , inclusive Ponta da Serra, Dom Quintino e adjacências..




Existem quatro tipos do vírus da dengue: O DEN-1, o DEN-2, o DEN-3 e o DEN-4. Todos causam os mesmos sintomas. A diferença é que, cada vez que você pega um tipo do vírus, não pode mais ser infectado por ele. Ou seja, na vida, a pessoa só pode ter dengue quatro vezes.
A explicação do problema provocado pelo vírus 4 está no sistema imunológico do corpo humano. Quem já teve dengue causada por um tipo do vírus não registra um novo episódio da doença com o mesmo tipo. Ou seja, quem já teve dengue devido ao tipo 1 só pode ter novamente se ela for causada pelos tipos 2, 3 ou 4.
A possibilidade da reincidência da doença, que é recorrente em muitas pessoas em Tupã, por causa das várias epidemias, é preocupante. Caso ocorra um segundo episódio da dengue, os sintomas se manifestam com mais severidade.
Existe certa sensibilização do sistema imunológico e ele dá uma resposta exacerbada. Esta reação exagerada do sistema imunológico é um problema. Pode causar inflamações e, por isso, aumenta o risco de lesões nos vasos sanguíneos, o que levaria à dengue hemorrágica. Um terceiro episódio poderia ser ainda mais grave, e um quarto seria mais perigoso que o terceiro.
É importante saber que não há transmissão pelo contato de um doente ou suas secreções com uma pessoa sadia, nem fontes de água ou alimento.


Tratamento

Não existe tratamento específico para dengue, apenas tratamentos que aliviam os sintomas.
Deve-se ingerir muito líquido como água, sucos, chás, soros caseiros, etc. Os sintomas podem ser tratados com dipirona ou paracetamol. Não devem ser usados medicamentos à base de ácido acetil salicílico e antiinflamatórios, como aspirina e AAS, pois podem aumentar o risco de hemorragias.

CRATO: Preocupação dos moradores do sítio Malhada com diversos casos de dengue registrados na comunidade CRATO: Preocupação dos moradores do sítio Malhada com diversos casos de dengue registrados na comunidade Reviewed by Folha Cratense on maio 08, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.