Projeto de lei visa proibir o uso de canudos plásticos em estabelecimentos comerciais cearenses





O projeto de lei N.º 32/19 de autoria do deputado Marcos Sobreira (PDT) começou a tramitar nesta quarta-feira na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.
Segundo o texto do projeto, fica proibido o uso de canudos de plástico, exceto os biodegradáveis e reutilizáveis, nos estabelecimentos comerciais, bares, quiosques, padarias, barraca de praia, hotéis, restaurantes e lanchonetes do Estado do Ceará. A determinação também vale para casas de show, boates, estádios de futebol e ginásios poliesportivos que teriam o prazo de um ano para se adaptar à lei.
De acordo com o deputado, a maior preocupação é com o meio ambiente que vamos deixar para as futuras gerações. “Hoje, os canudos representam cerca de 4% do lixo plástico de todo planeta. Eles têm uma vida útil, em média, de 4 minutos e parecem inofensivos mas levam séculos para se decompor. O mundo tem que reduzir o consumo de plástico e, através desse projeto, começamos a fazer nossa parte no Ceará”, ressaltou o parlamentar.
Projeto de lei visa proibir o uso de canudos plásticos em estabelecimentos comerciais cearenses Projeto de lei visa proibir o uso de canudos plásticos em estabelecimentos comerciais cearenses Reviewed by Folha Cratense on fevereiro 13, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.