Dois rompimentos seguidos da adutora do Trussu deixa Iguatu sem água por três dias; neste mês é o terceiro vazamento




O segundo vazamento seguido na adutora do Açude Trussu, em Iguatu, foi consertado na madrugada desta quinta-feira, 15, por volta das 4h30. A previsão dos técnicos do Sistema de Água e Esgoto (SAAE) é que a água comece a chegar nas torneiras das casas no início da tarde de hoje.
Um dia após consertar o primeiro vazamento, na terça-feira, última, houve um novo rompimento em um outro local, mas próximo do primeiro.
Os moradores que não dispõem de reservatórios enfrentam transtornos com a falta de água na rede de distribuição doméstica. Nesta semana, já são três dias sem água.
No último dia 7, houve outro vazamento que deixou a cidade também sem água por três dias. 
O trecho da adutora do Trussu entre a sede do distrito de Suassurana e o reservatório é crítico. Cerca de 99% dos rompimentos e vazamentos observados na rede ocorrem naquela área de apenas 3 km. A troca da adutora tem orçamento previsto em torno de R$ 4 milhões, segundo o superintendente do SAAE, Tácido Cavalcante. Todo o trecho da rede de 20 km tem custo em torno de R$ 22 milhões. 
Em 2017, houve vazamentos em outubro e em dezembro. A rede de canos é de PVC e com facilidade pode ser danificada criminosamente ou quebrar, furar, porque está colocada em solo com pedregulho no trecho do entorno da Vila de Suassurana.
O técnico do SAAE, Marcílio Cosme, disse que os operários trabalharam durante todo o dia de ontem e a madrugada desta quinta-feira para concluir o conserto do cano. “O nosso esforço é para que a água chegue logo às torneiras”, pontuou.

Fonte: DN
Dois rompimentos seguidos da adutora do Trussu deixa Iguatu sem água por três dias; neste mês é o terceiro vazamento Dois rompimentos seguidos da adutora do Trussu deixa Iguatu sem água por três dias; neste mês é o terceiro vazamento Reviewed by Folha Cratense on dezembro 05, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.