Rede de museus orgânicos pretende atrair turistas ao Cariri


Com a inauguração do segundo Museu Orgânico dos Mestres de Cultura Tradicional do Cariri, começa a se formar a rede de centros culturais idealizados pelo Sesc e pela Fundação Casa Grande para dar visibilidade à cultura popular e incentivar o turismo histórico em toda a região. Em setembro de 2018, a cidade de Potengi recebeu o Museu Orgânico Mestre Antônio Luiz, onde é mostrada a tradição do Reisado de Couro dos Caretas. Na tarde desta quinta-feira, 15 de novembro de 2018, aconteceu a abertura do Museu Orgânico Oficina do Mestre Françuili, espaço que guarda o acervo de Francisco Dias de Oliveira, um dos artesãos mais antigos e conhecidos da cidade.

Dezenas de miniaturas de avião e objetos de flandres criados e confeccionados pelo Mestre podem ser vistos no lugar. “Isso aqui é uma história em que eu trabalho, desde os oito anos de idade, para deixar em Potengi. Já recebi visita de muitos lugares, então essa história continua, não fica só aqui”, afimou o mestre.

No Beco do Françuli, onde está localizado o museu, as pessoas foram ver cerimônia de inauguração. Moradores de Potengi, mestres da cultura, representantes do Sistema Fecomércio Ceará, da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e do governo municipal homeagearam o mestre e visitaram a casa azul que receberá visitantes da cidade e turistas.

Maurício Filizola, presidente do Sistema Fecomércio Ceará, agradeceu a contribuição dos Mestres Espedito Seleiro, Antônio Luiz e Françuili, que estavam presentes na cerimônia. “A essência deste projeto é preservar nossa cultura, onde ela acontece.Teremos a inauguração de mais quatorze museus orgânicos, que farão com que a cultura seja cada vez mais expressiva na região e possa gerar um ciclo de turismo de interligação destes museus”, anunciou.

Fomentar o turismo cultural em todo o Cariri com o apoio às tradições é um projeto antigo do Sesc e da Fundação Casa Grande, declarou o Vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio e presidente licenciado da Fecomércio Ceará, Luiz Gastão Bittencourt.“Trocávamos ideias para discutir o que poderia ser feito para expandir ainda mais nossas ações no Cariri, essa região mística, onde o Brasil se faz Brasil de uma forma mais amena, mais irmanada e com uma relação de afetividade muito forte, aqui eu diria que tem o berço de nossas culturas ancestrais”, afirmou.

Alemberg Quindins, fundador da Fundação Casa Grande, destacou que a proposta de turismo social, executada em parceria com Sesc e Senac, mescla lazer, cultura e capacitação para os jovens da região.“Por trás deste museu, existiu todo um processo e formação de jovens na área de museologia, tipografia, de patrimônio histórico. Esta curadoria foi feita por jovens é muito interessante a visão de lazer com conteúdo”, diz Alemberg.

O resgate da arquitetura histórica é outro elemento valorizado nos museus orgânicos. Em sua fachada, o Museu Orgânico Oficina do Mestre Françuili traz influências da cultura árabe. “As fachadas populares do Nordeste estão sendo destruídas e tirando nossa característica urbana e arquitetônica do Nordeste árabe”, afirma o historiador.

Em seu discurso, ele pontuou que a chegada de turistas para conhecer os museus têm motivado a inclusão e distribuição de renda nas comunidades, com estímulo à gastronomia, artesanato e hospedagem na pousadas domiciliares nas casas dos mestres.

Saiba mais sobre o primeiro museu orgânico: http://www.sesc-ce.com.br/noticias/iniciativa-precursora-reconhece-casa-de-mestres-de-cultura-como-os-primeiros-museus-organicos-no-brasil/

*Instituição mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo.

www.sesc-ce.com.br

Facebook: /sescceara Twitter: @sesc_ce Instagram: sescce

Rede de museus orgânicos pretende atrair turistas ao Cariri Rede de museus orgânicos pretende atrair turistas ao Cariri
Reviewed by Moisés Rolim on novembro 16, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.