terça-feira, 7 de agosto de 2018

Ely Aguiar chama atenção para comércio de diplomas de mérito entre políticos


  
O deputado Ely Aguiar (PSDC) chamou a atenção, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta terça-feira (07/08), para o comércio de diplomas de mérito entre prefeitos, vereadores e secretários. O caso foi identificado e está sendo apurado pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul, mas, conforme o parlamentar, “esse comércio já chegou ao Ceará e começa a ser investigado”.

De acordo com Ely Aguiar, cada diploma de mérito, que é concedido por empresas específicas, custa em torno de R$ 1.500,00, “valor que, supostamente, é pago com dinheiro público”. Ele considerou que, junto com os diplomas, esses políticos organizam festas e banquetes de luxo para realizar tais premiações. 

“É uma pouca vergonha que já acontece em vários estados brasileiros. Uma indústria que se forma com o objetivo único de iludir a opinião pública e angariar eleitores”, avaliou. Ele afirmou que vários prefeitos da Região Metropolitana de Fortaleza já foram identificados como participantes desse esquema e que o Ministério Público cearense irá aprofundar as investigações.

Em aparte, o deputado Carlos Felipe (PCdoB) considerou que, para premiações de teor semelhante, são necessários critérios bem estabelecidos, para que o prêmio de fato faça sentido.

“Para premiar parlamentares, por exemplo, deveríamos considerar presença nas sessões, tempo de tribuna, quantidade de projetos apresentados, de visitas e audiências realizadas, entre outras coisas, o que, infelizmente, não acontece”, disse.

Foto: Edson Júnior Pio




Nenhum comentário:

Postar um comentário