sábado, 14 de julho de 2018

Camilo Santana: Agora é organizar a política de gestão do Parque de Exposição do Crato.

É necessário pensar formas republicanas de ocupação do Parque de Exposição do Crato durante todo o ano.  Esse  patrimônio deve ter um caráter multiuso e ter uma recomposição verde  e alinhada s uma política de desenvolvimento social, econômica e de  fortalecimento da nossa identidade e diversidade cultural.

O Parque deve ter mecanismos democráticos e transparentes de uso para que as instituições e grupos possam fazer uso do nosso  equipamento público.

É necessário por exemplo que o parque tenha um conselho consultivo e deliberativo  composto pelo conjunto de órgãos do poder público e da sociedade civil para evitar a política  "do balcão e dos coronéis".

Nenhum comentário:

Postar um comentário