terça-feira, 12 de junho de 2018

FIEC realiza 2ª fase do Fórum de Indústrias do Cariri nesta quinta-feira (14)



A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), por meio do seu Núcleo de Economia e Estratégia, realiza no dia 14 de junho, em Juazeiro do Norte, a 2ª fase do Fórum de Indústrias do Cariri, objetivando a priorização de ações e a construção de um portfólio de projetos de alto impacto para a região.

Nessa etapa, o Sistema FIEC disponibilizará sua metodologia criada pelo projeto Masterplan, já aplicada para implementação das rotas estratégicas, com o intuito de contribuir para concretização da visão de futuro do Cariri. Os projetos serão desenvolvidos dentro das seguintes áreas: gestão, articulação e comunicação; mercado e comercio exterior; infraestrutura e logística; recursos humanos; e pesquisa, desenvolvimento & inovação.

A realização do Fórum é uma ação do Sistema FIEC, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae Ceará, e surgiu do interesse de empresários, pesquisadores e representantes dos governos locais pelo aprofundamento dos resultados gerados pelo Programa para Desenvolvimento da Indústria junto à realidade industrial da região do Cariri. A iniciativa foi replicada recentemente em Sobral e Região Norte e, em breve, chegará também a Limoeiro do Norte e São Gonçalo do Amarante.

A 1ª fase do Fórum das Indústrias do Cariri foi finalizada em novembro de 2017, a partir de contribuições de representantes de diversas instituições públicas e privadas, resultando na priorização de ações estratégicas para o desenvolvimento das atividades econômicas prioritárias, bem como a criação do roadmap com as trajetórias de futuro desejadas até 2025. Confira o resultado da fase inicial: https://www1.sfiec.org.br/nucleodeeconomia/programa/92190/forum-cariri

Saiba mais

O Programa para Desenvolvimento da Indústria objetiva contribuir com o crescimento de longo prazo, definindo as principais potencialidades do Estado e os respectivos caminhos para o melhor aproveitamento desses diferenciais, por meio de um debate articulado entre setor privado, poder público, academia e entidades de apoio, incentivando o fortalecimento da inovação e sustentabilidade no contexto empresarial.

FOTO: Reprodução-Arquivo da 1º fase do Fórum


Nenhum comentário:

Postar um comentário