sábado, 30 de junho de 2018

Cuidado: seu celular pode estar sendo espionadoAplicativos espiões são uma ameaça invisível e perigosa. Aprenda a se proteger desse risco


Você costuma deixar que outras pessoas utulizem seu celular ou aplicativo?

O ato traz diversos riscos para a sua privacidade, e não se trata apenas do roubo de fotos íntimas.  Existem diversos aplicativos que têm a função de espionar tudo o que acontece na tela do seu celular, como se houvesse uma câmera filmando e enviando para outra pessoa tudo o que você faz em tempo real.

Infelizmente, isso proporciona inúmeras possibilidades para quem instala esses aplicativos no smartphone de outras pessoas, como a obtenção de senhas bancárias, por exemplo.

Como os apps espiões atuam

Além de perigoso, é muito fácil baixá-los e instalá-los em qualquer smartphone e, após instalado, o conteúdo da tela do seu smartphone será enviado para outro sem que você perceba.

Basta poucos segundos na mão de alguém mal intencionado para que a sua privacidade e segurança sejam perdidas.

Há aplicativos espiões que vão além: salvam o histórico de ligações e gravam as suas conversas, mensagens SMS, sua localização, e até mesmo o que se passa no ambiente em tempo real, tantos em sons quanto em imagens, sem dar qualquer sinal de que está utilizando a câmera e/ou microfone do seu aparelho.

E pasme: isso pode ser feito mesmo com o aparelho desligado, desde que a bateria não esteja totalmente descarregada.

Antivírus não resolvem o problema

Os antivírus não irão alertar o usuário sobre esses aplicativos, já que quando eles forem instalados por uma pessoa mal intencionada, ela pode criar uma passagem de informações que o Internet Security para smartphone ou Antivírus não conseguiriam acessar sem intervenção manual.

Para se ter uma ideia de que isso é mais comum do que se imagina, apenas um vídeo no Youtube que ensina a usar esses aplicativos tem quase 4 milhões de visualizações. Ou seja, tem muita gente interessada em usá-lo, seja para espionar um namorado ou namorada, filhos ou para fins mais perigosos e criminosos, que podem trazer prejuízo financeiro ou dano à reputação e à moral.

Dicas para se proteger:

• Cuidado com outras pessoas usando o seu celular;

• Desconfie se o consumo de internet aumentar de repente. Esses aplicativos espiões precisam da conexão com a internet para envio das imagens para o espião;

• Fique atento se o aparelho está descarregando mais rápido;

• Verifique todos os aplicativos instalados no smartphone regularmente, se há algum desconhecido vale pesquisar para descobrir o que ele faz, se for um app espião basta desinstalá-lo;

• Não instale aplicativos de fontes desconhecidas, que são aqueles que não estão nas lojas oficiais como a Play Store e a App Store;

• Se você estiver desconfiado de que está sendo espionado, mas não encontra o aplicativo espião no celular, restaure o celular às configurações de fábrica. Isso vai apagar todos os aplicativos instalados e configurações realizadas. Mas é melhor do que ter todos os seus dados invadidos e, até mesmo, vazados, não é mesmo?

Fonte: Proteste

Nenhum comentário:

Postar um comentário