Crato: Uma ZONA que não funciona.



A FOLHA CRATENSE já se manifestou por diversas vezes sobre a situação caótica se encontra o sistema de ZONA AZUL do município do Crato. Falta fiscais de vendas, pontos de vendas e uma ampla fiscalização.

A reclamação dos comerciantes, condutores e população em geral é tremenda. Já não existe um sentido para que se pague a taxa de estacionamento quando não há uma organização e um serviço contínuo e eficaz. Feirantes tomaram diversas vagas onde poderiam servir de estacionamento, motos continuam tomando diversas vagas de carros e carros ocupam vagas de caminhões a chamada ZONA MARROM. 

É preciso que o secretário de segurança pública Cel.Jarbas mude sua postura IMEDIATAMENTE quanto a questão da Zona Azul. Se for preciso terceirizar, que terceirize, se for preciso aumentar o número de pontos de vendas, que se busque aumentar. O que não pode é pessoas estarem sendo multadas porque não há pontos de vendas de bilhetes acessíveis, o número de vendedores não satisfatório, inclusive faltando em várias ruas que cercam o comércio. Não dá mais. O Crato precisa se modernizar e avançar nesse tipo de serviço.

Uma coisa é certa: Algo precisa ser feito URGENTEMENTE!


Crato: Uma ZONA que não funciona. Crato: Uma ZONA que não funciona. Reviewed by Moisés Rolim on janeiro 24, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.