Câmara do Crato apresenta balanço de atividades de 2017

A Câmara Municipal do Crato terminou o primeiro ano da atual legislatura com balanço positivo das ações. Durante o período, sob a gestão do presidente Florisval Coriolano (PRTB), o Poder Legislativo cratense debateu e aprovou 176 Projetos de Lei e 83 Projetos de Resolução, além de quatro Projetos de Indicação e três Decretos Legislativos.
A esses números se somam mais de 600 requerimentos que se constituem como documentos formulados a partir de demandas da população e encaminhados a órgãos e outros setores da sociedade. Outros 537 ofícios foram enviados ao longo do ano.

Chefe do Poder Legislativo em Crato, Florisval Coriolano (PRTB) avalia como positivo o primeiro ano da atual legislatura. “Os vereadores fizeram o máximo de si para que fossem atendidas todas as reivindicações e os projetos que fossem de interesse da população do Crato”, afirma o presidente. “Abrimos espaço na Tribuna para que mais de cem pessoas pudessem apresentar suas demandas, aprovamos mais 250 projetos e mais de 600 requerimentos, tudo isso em prol da população”.

Entre as propostas aprovados pela Câmara em 2017 estão a criação da nova estrutura administrativa do município do Crato, de iniciativa do Poder Executivo; instituição da Mesa Municipal de Negociação Permanente entre a Prefeitura e servidores; política municipal de controle de natalidade de cães e gatos; e programas de Combate ao aedes aegpity e Produtor de água.
Na área da educação a Câmara determinou o Centenário Ipê Amarelo – árvore pau d’arco do Seminário São José – como símbolo das instituições de Ensino Superior instaladas em Crato. Também aprovou projeto que veda a ideologia de gênero em escolas das redes pública e privada de ensino no município.
29 de setembro foi instituído pela Câmara como o Dia Municipal do Automóvel. A data relembra o primeiro registro de um carro em Crato, trazido ao município em 1919 pelo comerciante Siqueira Campos. A Câmara ainda aprovou a criação de 11 cargos e 44 vagas a serem preenchidos por meio de concurso público e instituições de conselhos municipais, a exemplo do Conselho Municipal de Desenvolvimento Agrário.

Participação popular

A participação popular foi marca da atual gestão. Mais de cem cidadãos cratenses puderam utilizar-se da Tribuna para apresentar demandas como reparos em ruas, reivindicações ligadas à saúde, pedidos de auxílios, entre outros.
Os diversos setores da sociedade cratense também tiveram voz por meio de Audiências Públicas. A Câmara promoveu doze audiências para ouvir a população sobre demandas como Reforma da Previdência; doações de terrenos do município; ExpoCrato; taxa de iluminação pública; política municipal de resíduos sólidos; lei estadual de resíduos sólidos; fortalecimento dos pequenos negócios; questões de gênero; transporte e regulamentação do transporte coletivo.

Construção de nova sede

Depois de um ano positivo, o presidente Florisval Coriolano anunciou para fevereiro o início da construção da sede própria do Poder Legislativo cratense como uma das principais ações a serem desenvolvidas pela Câmara em 2018.
“O governador Camilo Santana já cedeu o espaço e falta apenas o Plenário da Assembleia Legislativa votar”, explica. “Teremos um prazo de um ano a um ano e meio para a obra ser concluída já que nós temos o dinheiro para construir e emendas de deputados federais e estaduais para complementar os gastos para a construção da nova sede”.
Florisval Coriolano enfatiza que o atual espaço não comporta número desejável de lugares para que a população acompanhe as sessões. O presidente reitera que a construção da nova sede vai priorizar a finalização do Plenário com perspectiva de que este espaço para as sessões seja inaugurado ainda este ano.
A Câmara Municipal do Crato volta a se reunir em sessão plenária no dia cinco de fevereiro.



Câmara do Crato apresenta balanço de atividades de 2017 Câmara do Crato apresenta balanço de atividades de 2017
Reviewed by Moisés Rolim on janeiro 09, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.